LISBOA

LISBOA

Um dos lugares preferidos dos Brasileiros para visitar, talvez pelo idioma ser o Português, e assim a comunicação ficar mais fácil, a cidade é encantadora, cheia de histórias e lugares lindos, nós adoramos a cidade e arredores e os Portugueses são bastante receptivos. Não vemos a hora de voltarmos novamente, já, estamos com saudades.

LISBOA10

O VER E FAZER EM LISBOA

Saiba o que fazer em Lisboa. A capital de Portugal é uma linda e histórica cidade na Europa conhecida pelo seu charme e pelo clima agradável dos portugueses. Com dezenas de prédios históricos, igrejas, monumentos, lugares legais para fazer compras, praças, parques e bairros incríveis para fazer passeios, Lisboa é sem dúvida uma cidade apaixonante. Para não falar dos museus em Lisboa, que são considerados os melhores de Portugal. Não existe uma época perfeita para ir a Lisboa, mas no que diz respeito ao clima, a melhor época para quem quer aproveitar todas as atrações de Lisboa é de abril a setembro cujo tempo é sempre ensolarado e os dias são mais longos devido ao horário de verão.
Lisboa-portugal

 

Torre de Belém

TORRE

Em cinco séculos de história, a Torre de Belém já foi forte, prisão, alfândega e farol, e hoje é o maior símbolo do país – não por acaso, está retratada em dezenas de latas de azeite mundo afora. Originalmente erguida numa ilha no estuário do Tejo, quase no meio do curso do rio – alterações no curso fluvial e aterros a trouxeram junto à margem –, ela servia como baluarte defensivo para o porto em épocas antigas. Sua elaborada ornamentação, típica do estilo manuelino, remete às conquistas no Oriente e traz diversos motivos navais.

SAMSUNG CAMERA PICTURES

 

Uma atração adicional é a vista que oferece tanto do rio como de boa parte da região de Belém, incluindo o Padrão dos Descobrimentos, o monumento adjacente.

Entrada gratuita domingos e feriados até as 14h.

Pastel de Belém

1 (2)

 

pastel4

Quem nunca foi a Lisboa e não ficou na fila para experimentar o delicioso pastel de Belém? é um lugar obrigatório para turistas e é preciso ter paciência, pois as vezes as filas costumam ser enormes, mas no final vale a pena é delicioso.

Endereço: R. Belém, 1300-085 Lisboa, Portugal
Horário: 08:00 – 23:00

Bairro de Alfama

O que fazer no Bairro Alfama em Lisboa

Um dos mais tradicionais bairros portugueses, Alfama é daqueles locais em que o gostoso é caminhar sem destino. Perder-se entre as ruelas que parecem um labirinto, cheias de escadinhas, declives e eventualmente até uma roupas penduradas em varais improvisados, é uma experiência necessária em Lisboa.
 O Parque das Nações, por exemplo, é um dos bairros que mostra a arquitetura modernista e a evolução de Lisboa, graças a seu Oceanário e outros pontos turísticos que estão dentro de edifícios únicos. Já o Bairro Alfama é o mais tradicional e antigo da cidade, com ruinhas estreitas, portas típicas e com muitas casas de fado.
justamente pelo local não ser plano, uma visita funciona melhor se o turista começar lá de cima, do Castelo São Jorge, e a partir dali ir descendo despreocupadamente.

Castelo de São Jorge

 

É no bairro de Alfama que fica o famoso Castelo de São Jorge, uma fortaleza construída na época dos visigodos. Quando Dom Afonso Henriques, o então rei de Portugal, comandou a retomada do forte dos mouros, passou a usá-la como residência real.
SAO JORGE

Museu de Artes Decorativas Portuguesas

É também em Alfama que ficam alguns museus, como este que é ideal para quem se interessa por decoração e design. O acervo se organiza de acordo com a época do ano e é proibido filmar ou fotografar.  Ele fica no Largo das Portas do Sol, 2.
MUSEU

Catedral da Sé

A Catedral da Sé fica subindo a ladeira em direção ao Castelo de São Jorge. É por lá que passa o famoso elétrico 28. Ela foi construída sobre uma antiga mesquita, onde fica a pia onde o Santa Antônio foi batizado. Santo Antônio de Pádua era o casamenteiro português e depois foi morar na Itália. Ele é portanto o santo padroeiro de Lisboa.
SE

Miradouro de Santa Luzia e Miradouro das Portas do Sol

Os dois miradouros de Alfama oferecem vistas incríveis da cidade, privilegiando o bairro e o Rio Tejo. O pôr do sol de ambos os miradouros é imperdível para quem estiver passeando pelo bairro.
MIRADOURO

Feira da Ladra

O mercado de rua mais popular de Lisboa e é a Feira da Ladra e também fica em Alfama. A feira antigamente era itinerante, até que se estabeleceu no Campo de Santa Clara. Ela acontece às terças e sábados das 8h às 16h.
FEIRA

Restaurantes em Alfama

O Chapitô é um restaurante que mistura teatro e circo e além de tudo isso ainda oferece uma vista linda para o Rio Tejo. O Pateo 13 é outro restaurante bem legal onde você pode ver como os pratos são preparados. Ele fica na Calçadinha de Santo Estevão, 13. Para finalizar a lista de restaurantes típicos do bairro, conheça a Tasca do Chico, um botequim ótimo onde você toma cerveja e petisca algo. Também oferecem refeições. A tasca é tão famosa que há outra do mesmo nome no Bairro Alto.
6

Museu do Fado

Neste bairro há muitas casas de fado é este é um museu incrível, tanto para quem não conhece a tradicional música portuguesa e também para quem conhece. O museu reúne a memória de Portugal, mostrando como o fado se tornou o emblema de Portugal e muitas mais curiosidades. Fica no Largo do Chafariz de Dentro, 1. Funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. A entrada custa 5€.
MUSEUFADO

Dica para comprar ingressos das atrações e passeios

Uma dica para economizar com a compra dos passeios e ingressos de Lisboa é comprar os ingressos antes pela Internet, que além de serem sempre mais baratos, você economiza um bom tempo que perderia nas filas das bilheterias e já viaja com os ingressos em mãos. Um site legal que nós sempre utilizamos é esse Site de Ingressos da Europa que vende ingressos para os principais pontos turísticos e passeios de Lisboa, Porto e de toda a Europa. Eles são um dos maiores vendedores de ingressos de passeios e pontos turísticos de todas as cidades do mundo, o site está em português e o bom é que você compra todos os seus ingressos em um único lugar, ao invés de ficar comprando no site de cada atração. É muito mais prático, você tem um atendimento excelente para resolver qualquer problema ou dúvida que tiver e os preços são ótimos e muitas vezes mais barato do que no próprio site da atração. Facilitou bastante nossas viagens e ajudou a economizar tempo e dinheiro. Se prepare, pois as opções de passeios são enormes e dá vontade de fazer todos. Depois de comprar, você recebe por e-mail o voucher e todas as informações. Os passeios de Lisboa que mais indicamos são o Oceanário de Lisboa, Castelo de São Jorge e a Torre de Belém, que são os principais pontos turísticos.

Visita ao Oceanário de Lisboa

A última dica do que fazer em Lisboa é o fantástico Oceanário de Lisboa. Localizado no Parque das Nações, o Oceanário de Lisboa foi construído em 1998 para a expo mundial que ocorreu naquele ano na capital de Portugal. O lugar conta com aproximadamente 30 aquários com mais de 500 espécies de vida marinha de todas as partes do mundo distribuídas em mais de 22 mi metros quadrados. Ele é considerado o segundo maior oceanário do planeta, com tubarões, raias, peixes de todas as espécies e cores, lontras, pinguins, aves e muito mais.
Oceanario-Lisboa
Justamente pelo local não ser plano, uma visita funciona melhor se o turista começar lá de cima, do Castelo São Jorge, e a partir dali ir descendo despreocupadamente.

Parque das Nações

Esse imenso espaço que sediou a Expo de 1998 tornou-se símbolo da moderna Lisboa. Há atrações para todos e uma visita cuidadosa pode levar um dia inteiro. Não deixe de conhecer o Oceanário, o Pavilhão do Conhecimento (um museu de ciência e tecnologia), fazer um passeio no teleférico e se surpreender com as diversas intervenções artísticas do parque, como as fontes Wet Design / Risco.

 

PARQUE

 

PARQUE2

Elétrico 28

O bonde elétrico 28 o clássico lisboeta, amarelo por fora e com o interior forrado de madeira. Com ele, percorrem-se os bairros históricos, partindo da Praça Martim Moniz. O elétrico sobe sacolejando as ladeiras de Alfama, atravessa a Baixa, o Chiado, Santos e chega em Campo de Ourique, pertinho da Casa Fernando Pessoa.

Imagem-5

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Bairro Baixa

Depois do devastador terremoto de 1755, que destruiu quase toda Lisboa, o Marquês de Pombal mandou reconstruir a Baixa para acomodar os artesãos que trabalhavam ali. A área rende um belo passeio, com pontos como o Elevador de Santa Justa, uma estrutura neogótica de ferro projetada por um discípulo de Gustave Eiffel (o da torre de Paris) – do alto da torre se  descortina uma linda vista de Lisboa. Os calçamentos em preto e branco da Rua Augusta são ladeados de cafés e lojas, chegando até o Arco da Vitória e a Praça do Comércio, cheia de arcadas.

Lisboa-bairro-a-bairro-Baixa-Terreiro-do-Paco

 

SONY DSC

 

Chiado e Bairro Alto
A oeste a Baixa fica o Chiado, que se estende até o Bairro Alto. São dois emblemáticos bairros de Lisboa. Na área estão teatros, galerias de arte e o notável Museu Arqueológico do Carmo. No Chiado nasceu o poeta Fernando Pessoa. Na extremidade sul do Chiado está o Teatro Nacional de São Carlos, em estrutura barroca, e o Museu do Chiado, um antigo mosteiro restaurado que exibe arte contemporânea. Já o Bairro Alto é um emaranhado de ruas estreitas com casas de fado, boates e pequenas butiques.
CHIADO1

Chiado

bairro_alto1

Bairro Alto

Compras em Lisboa

Outra dica do que fazer por lá é aproveitar para fazer muitas compras em Lisboa. A capital portuguesa reserva aos turistas excelentes shoppings centers como o Amoreiras Shopping no centro, que possui mais de 340 lojas e vários restaurantes, e o Shopping Centro Vasco da Gama, no Parque das Nações. Há também o Centro Comercial Colombo, considerado um dos melhores shoppings da Europa com mais de 400 lojas de diversas marcas famosas e o maravilhoso Outlet Freeport, o maior outlet da Europa com mais de 140 lojas como Diesel, Carolina Herrera, Versace, Adidas, Levi’s e muito mais. O único problema é que o Freeport fica um pouco afastado de região turística de Lisboa, então a dica é alugar um carro.

Outlet-Freeport-lisboa

Transportes em Lisboa

 

Aeroporto de Lisboa (LIS)

O aeroporto internacional está situado a poucos quilômetros do centro de Lisboa, são apenas 7 km até a estação de trens Rossio, por exemplo. Nos dois terminais – por onde passaram 16 milhões de pessoas, somente em 2013 – o passageiro encontra toda a infraestrutura necessária com restaurantes, lanchonetes, casas de câmbio, caixas eletrônicos etc.

Confira abaixo as opções de transporte do aeroporto até o centro de Lisboa (em todos os casos é preciso adquir o cartão recarregável Viva Viagem, por 50 centavos de Euro. Saiba mais sobre ele aqui):

 

Metrô

O metrô é uma das maneiras mais rápidas de acessar o centro de Lisboa partindo do aeroporto. Pegue a linha vermelha até a estação Saldanha, totalizando 20 minutos de viagem. O bilhete que dá direito a uma única viagem custa 1,40€, já o passe de 24 horas, que dá direito ao uso do metrô e ônibus, custa 6€.

Ônibus (fonte: Aeroporto de Lisboa)

Nº 208: Cais Sodré – Aeroporto – Estação Oriente

Nº 705: Estação Oriente – Aeroporto – Estação Roma-Areeiro (só funciona em dias úteis)

Nº 722: Pç. Londres – Aeroporto – Portela (todos os dias no período diurno)

Nº 744: Marquês Pombal – Aeroporto – Moscavide (todos os dias)

Nº 783: Amoreiras – Aeroporto – Portela / Prior Velho (aos dias úteis com circulação alternada à Portela ou Prior Velho. Serviço noturno só ao Prior Velho);

– Marquês Pombal – Aeroporto – Prior Velho (fins de semana e feriados com serviço noturno)

Preços: o bilhete adquirido a bordo custa 1,80€, já o bilhete Viagem Carris – Metro, 1,40€;

Aerobus

O Aerobus nada mais é do que uma versão um pouco diferente do ônibus convencional. Diariamente, a empresa responsável faz o transporte de passageiros do aeroporto até pontos importantes da cidade: o terminal rodoviário de Sete Rios e ferroviários de Entrecampos e Cais do Sodré.

O bilhete custa 3,50 € (adultos), 2€ (crianças de 4 a 10 anos) e 2€ (grupos com 4 ou mais adultos). O tíquete pode ser adquirido com o próprio motorista, no momento do embarque. Confira abaixo as rotas do Aerobus (fonte: Aeroporto de Lisboa):

Cartão Viva Viagem

Antes de tudo, para embarcar em qualquer meio de transporte de Lisboa – metrô, bondinho elétrico, ônibus e até para utilizar os elevadores da cidade – você vai precisar de um cartão, o chamado Viva Viagem (destinado àqueles que utilizam o sistema com pouca frequência).

Para adquiri-lo é super fácil, basta se dirigir a qualquer ponto de vendas Carris, uma estação do Metrô, por exemplo, e efetuar a compra do cartão por € 0.50 centavos + créditos, em uma das máquinas dispostas na entrada. Bastante simples, é só seguir o menu em português.

O cartão vale por um ano e você deve reabastecê-lo todas as vezes que, ao aproximá-lo do leitor/validador no momento do embarque, escutar um aviso sonoro prolongado, acompanhado de uma luz vermelha. Isso quer dizer que o cartão está sem créditos.

Já o sinal sonoro curto e a luz verde, significam que a entrada está liberada. Inclusive, nos próprios validadores é possível visualizar o saldo do seu cartão, ou seja, ver quantas viagens ainda restam. Saiba mais sobre o Viva Viagemaqui.

Bondinhos Elétricos

Impossível ficar indiferente aos bondinhos que – há anos e anos – cruzam as principais ruas do centro de Lisboa, levando e trazendo locais e turistas. Eles são uma forma de locomoção barata e bastante tradicional na região turística da capital portuguesa.

Quer dar uma “geral” pela cidade antes de partir para os pontos turísticos? Então pegue o bonde número 28, que sai da praça Martim Moniz em um percurso de mais ou menos 45 minutos pela parte histórica.

Já o bonde 15 faz o transporte de passageiros até o bairro de Belém (pegue-o na Praça da Figueira e desça no Mosteiro dos Jerónimos). A passagem (com cartão Viva Viagem) custa €1.40 ou você pode optar pelo passe de 24 horas, que custa € 6.

Como comprar o bilhete

Na praça Martim Moniz há uma estação do Metrô onde se encontram máquinas de venda e abastecimento do cartão Viva Viagem.

Metrô 

Quatro linhas, no total – azul, amarela, verde e vermelha – fazem o transporte de passageiros das 6h30 à 1h. Um número de linhas reduzido, se comparado a grandes cidades européias como Paris e Londres, porém, o metrô de Lisboa é novo, eficiente e pode acabar sendo uma boa opção de meio de transporte para muitos turistas. O bilhete que dá direito a uma viagem no metrô (adquirido no cartão Viva Viagem) custa € 1.40.

Planeje aqui a sua viagem e visualize o mapa do metrô de Lisboa.

A pé

Lisboa é simplesmente deliciosa para passeios a pé. Afinal, nada melhor do que calçar um confortável par de tênis e caminhar pelas ruelas de bairros como Alfama, o boêmio Bairro Alto, Chiado, entre outras.

Para explorar esses lugares, além de um calçado confortável e um bom mapa, você vai precisar de uma dose extra de disposição. Isso por conta das inúmeras ladeiras pelo caminho, principalmente no bairro de Alfama. Não se esqueça de levar consigo uma garrafinha de água para se hidratar, e um bom filtro para se proteger do Sol, caso visite a cidade no alto verão.

Táxi

Pegar um táxi em Lisboa também não sai nada caro, principalmente se a conta for dividida entre duas ou mais pessoas. Além disso, a opção de transporte é boa para a madrugada.

De Ônibus

Eis alguns autocarros – ônibus, no português de Portugal – que podem ser úteis durante a sua estadia na cidade. Para acessar o bairro de Belém, partindo do centro, por exemplo, você tem a linha #727; Mas para conferir todas as linhas existentes, clique aqui.

Outras cidades próximas a Lisboa, que vale a pena uma visita, ou seja para pernoitar, ou um bate e volta.

(SINTRA, CASCAIS, FÁTIMA, ESTORIL, COIMBRA E ALGARVE)

SINTRA

Quer fazer um bate e volta a Sintra? Acorde bem cedinho e vá para  à estação do Rossio pegar o comboio com destino a Sintra, onde você visitará atrações lindíssimas, como o Palácio da Pena, o Castelo dos Mouros, a Quinta da Regaleira e outras maravilhosas construções históricas. Se puder ficar mais um dia ali, perfeito.

Palácio Pena

palacio pena

O Palácio Nacional da Pena é deslumbrante. As ruas da cidade são agradáveis. Há muitas lojas de artesanato. Você estará ao redor da natureza e aproveitará bastante o dia calmo.

Palácio dos Mouros

1 (1)

Castelo dos Mouros

 

 

Mais dias

CASCAIS

Acorde cedo para pegar o comboio no Cais do Sodré para a litorânea até Cascais. Escolha certa de ricos e famosos, o balneário se transformou também em um interessante destino “verde”, com destaque para atrações como o Cabo da Roca ou a Boca do Inferno. Voltando para Lisboa, para dar um pulinho na avenida Liberdade, com suas vitrines luxuosas.

cascais

CASCAIS

FÁTIMA

Se você prosseguir para o norte, Fátima se encaixa para um pit-stop ou um pernoite. Mas mesmo se ficar só em Lisboa, o santuário é perfeitamente visitável num bate-volta de ônibus. São apenas 130 km — uma hora e meia de ônibus, saindo da estação Sete Rios.

 

 

fatima

FÁTIMA

ESTORIL

Bate e Volta de Lisboa a Estoril

Para ir até Estoril você pode ir por duas estradas: pela costa ou pela autopista (A5). A vantagem de ir pela marginal, ou seja, pela costa, é ver todas as praias e casas das cidades e povoações costeiras a leste de Lisboa. No entanto, você só pode ir a 70 km/h. Se preferir ir mais rápido, pegue a A5. Vale a pena alugar carro caso você prefira ter mais comodidade na cidade ou para viagens maiores. Mas caso seja para fazer só esse trajeto há um trem que parte da estação Cais do Sodré e chega a Estoril em 35 min.
ESTORIL1

Praias em Estoril

Estoril ficou famoso pelo seu Casino do Estoril, que atraia muitos turistas quando vinham para o litoral de Lisboa e os próprios moradores da cidade e vizinhança. Com uma costa tão apropriada para turismo, surf e outros esportes, as praias foram ganhando cada vez mais fama e turistas. As praias do Estoril são: Praia da Bafureira, Praia da Azarujinha, Praia da Poça, Praia das Moitas e a Praia do Tamariz. No entanto, a melhor da região é a Praia do Guincho, que fica em Cascais. Caso decida alugar o carro, aproveite as pequenas distâncias e conheça as demais praias perto de Lisboa.
ESTORIL2

COIMBRA

Coimbra se destaca pelas ruas estreitas, pátios, escadinhas e arcos medievais. Assim é Coimbra, a terceira maior cidade de Portugal, também conhecida como “cidade dos estudantes” , e por sua importância histórica e privilegiada posição geográfica no centro da espinha dorsal do país, a cidade é também referência nas áreas do Ensino e da Saúde. O clima Mediterrâneo de Coimbra torna esta cidade muito aprazível em todos as estações do ano.

coimbra5

O Largo da Portagem, a principal praça no centro da cidade, é um lugar que reúne prédios e esculturas em estilo renascentista; e onde é possível tomar um ótimo café e comer um bolinho de bacalhau português ao ar livre.

largo2

 

Conectada a ao Largo da Portagem fica a principal rua da Cidade Baixa de Coimbra, a Rua Ferreira Borges, que atualmente não tem trânsito de automóvel e é onde se encontram várias lojas de comércio.

 

LARGO

Rua Ferreira Borges – Coimbra

 

ALGARVE

Quer ir um pouco mais longe de Lisboa e visitar uma das praias mais lindas de Portugal? Algarve é uma delas, com suas águas azul-turqueza, Alagarve está distante de Lisboa a 300 km, +- 3 hs de viagem, mas é uma região de tirar o fôlego, vale muito a visita, e se poder pernoitar por lá por umas 2, ou 3 noites melhor ainda.

 

ALGARVE1

Não se deixe enganar pelo idioma: você está em Portugal. Mesmo assim, a maioria das pessoas fala inglês. Por isso, ao chegar a um bar ou restaurante, a saudação é logo feita na língua estrangeira.

O Algarve, região sul do país, é um dos destinos preferidos dos britânicos. O lugar é conhecido pelas belas praias e temperaturas amenas, quase tropicais, principalmente se comparadas ao clima londrino. Assim, entre julho e setembro, cidades como Faro e Albufeira recebem milhares de turistas vindos da terra da rainha.

E não só nessa época: durante o resto do ano, milhares de britânicos escolhem o Algarve como novo lar, em uma espécie de colônia inglesa em solo luso. Tem até estação de rádio e emissora de TV em inglês. Então, é natural que o garçom receba você com a pergunta acima.

De Lisboa até o Algarve são 260 km pela A-2, que chega à costa em Albufeira. É possível ir também de trem (comboio, pela CP) ou de ônibus (autocarro, pelaRede Expressos) e alugar o carro localmente.

A Andaluzia está do ladinho, com a Costa de la Luz, pra cima de Cádiz, se apresentando como um destino descolado de verão. Sevilha e seus 50ºC de julho e agosto também está pertinho…

 

ALGARVE2

algarve3

 

BATE E VOLTA

  • Sintra: 30 km; 40 min. de trem (saída da estação Rossio/metrô Restauradores; compre na hora)
  • Cascais: 30 km; 35 min. de trem (saída da estação Cais do Sodré/metrô Cais do Sodré; compre na hora)
  • Fátima: 130 km; 1h30 de ônibus (saída da rodoviária Sete Rios/metrô Jardim Botânico; compre na hora ou na Rede Expressos)
  • Estoril: A 3 quilômetros de Cascais (no sentido Lisboa, a primeira parada do trem) fica Estoril, onde um enorme cassino faz concorrência à faixa de areia paralela à ferrovia. Entre eles, um enorme jardim de palmeiras emoldura os letreiros de néon.
  • Coimbra: 206 km; 2h20 min. de trem ( http://www.raileurope.com.br/destinations/country-guides/article/portugal)

 

ONDE COMER?


 Restaurante João do Grão
Endereço: R. dos Correeiros 222, 1100 Lisboa, Portugal
Telefone: +351 21 342 4757
ONDE FICAR?
Castilho Lisbon Suites / Hotel Excelsior
QUANDO IR?

Em se tratando de clima, não há nenhuma época do ano considerada ruim para ir a Lisboa. Na verdade, Portugal tem um dos climas mais quentes do continente e prova disso é que, enquanto alguns países europeus “congelam” no inverno, a terra de Vasco da Gama surpreende o visitante com temperaturas mais amenas.

Julho e agosto são considerados os meses mais quentes do ano, ideal para quem não se importa com as altas temperaturas (pode chegar aos 40°C) e deseja curtir as belas praias do país, várias delas bem próximas a Lisboa. O único alerta para o período, além do forte calor, vai para os preços de hospedagem, que acabam ficando mais “salgados” do que o comum.

 

Anúncios

10 comentários sobre “LISBOA

  1. Juliana disse:

    Parabens peko post, pretendemos ir a Portugal em maio do ano que vem e achei interessante este roteiro com cidades ao redor, fiquei fascinado por Algarve, sera que um bate e volta da? Ou melhor passar uns 2 dias? Obrigado !

    Curtir

    • GARAVIAGEM disse:

      Olá Juliana, grato pela visita. Então, Algarve é muito linda, se voce quiser um bate e volta dá tambem, mas é meio corrido, o ideal é ficar uns 2-3 dias para curtir e aproveitar toda a beleza que as praias oferecem. Obrigado pela visita e abs.

      Curtir

  2. Marilda disse:

    Adorei ! Como é gostoso Lisboa ! A comida, ja estivemos neste restaurante Joao do Grao e confesso que comi o melhor bacalhau lá. Parabens pelo blog e pelas dicas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s